Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

01
Abr14

...


Avó Madalena

Acho que ao contrário de grande maioria eu escrevo mais quando estou mais em baixo, quando me apetece gritar com o mundo e não posso.

Não sei se é pela mudança da hora ou pela chuva, mas a verdade é que nos últimos 3 dias tenho acordado muito tarde, cansada, stressada. Vou para o trabalho atarantada, com a casa num pandemónio.... para ajudar a chuva trouxe de volta o estendal para a sala. Digamos que o panorama está lindo!

Também sei que me estou a lamuriar mas que não devia, o Projecto Páginas Tantas está a correr bem, a medicação já me deixa dormir novamente (demais porque agora acordar antes das 7h é impossível e mesmo antes das 8 tem sido frustrado....). A formação corre bem, o curso livre na Universidade do Algarve foi 5 estrelas.., mas mesmo assim, hoje apetece-me deitar cá para fora, assim as palavras cuspidas deixam de ecoar na minha cabeça e ficam na tela do computador.

Acho que a minha terapeuta tem razão: eu tenho uma necessidade enorme de controlar tudo, e não consigo... não consigo impedir que chora, que as horas passem, que as pessoas não correspondam ao que esperamos, que o nosso corpo não tenha mais 20 anos. Não dá para controlar e pronto! Na prática e dito por ela parece me mais fácil mas na vida real não é nada disso... fico irritada, frustrada, agressiva, resmungona e afins....

Mas agora chega de ruindade, vou tomar um chá e caminha. O Irvine Welsh e o seu Trainspotting vão adormecer na minha cama

e amanha... amanha é um novo dia, logo se vê. Com sorte começa tudo de novo, mas como temos a aula de yoga ao final da tarde, garantidamenteque o fim do dia será zen.

 

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D