Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

16
Out15

100 segredos das pessoas felizes - Parte IV


Avó Madalena

100.jpg

E chegamos aos últimos 25 segredos. 

Nos últimos dias tenho colocado algumas coisas em prática, não tem sido fácil domar os meus pensamentos, mas tenho tentado fugir da tentação.

76 - Gostar de animais: a verdade é que as minhas meninas caninas estão sempre para me mimar e amam-me sem esperar nada em troca. A minha vida sem elas seria efectivamente mais pobre.

 

77 - Ter uma boa noite de sono: (sem medicação é algo que não tenho há meses)... dormir faz bem á pele, ao estado de espírito e até aos problemas. De manha tudo parece diferente.

 

78 - Escolher o assunto em que pensar antes de se deitar: em miúda deitava-me e ficava a imaginar historias de princesas e finais felizes. Se pensar nos problemas a mente vai vaguear e vou passar o resto da noite a virar-me de um lado para o outro na cama

 

79 - O fim chega para todos, mas podemos estar preparados: não esperar até ao fim da vida ou a reforma para fazer o que quero. Não adiar mais a felicidade, se faz favor!

 

80 - A forma como vemos é mundo é mais importante do que a forma como o mundo é: o que vemos depende do que procuramos, das nossas expectativas

 

81 - Ter lápis e papel sempre à mão: anotar as ideias e as coisas facilita a vida  evita o stress de perder informação ou de nos esquecermos de coisas importantes. Tenho o hábito de escrever quase tudo e em qualquer lado: bocados de papel, guardanapos de café...

 

82 - Ajudar as pessoas próximas que precisarem de algo: ajudar vale sempre a pena (eu costumo deixar os carros entrar nas filas de transito)

 

83 - Não criticar duramente família e amigos: faça o de forma construtiva, com carinho mostrando que quer ajudar e não destruir

 

84 - Uns gostam do quadro geral outros do detalhe: pode ver o problema na globalidade ou tentar desmembra-lo

 

85 - Se não mudar os objectivos impossíveis eles vão levar-me até ao fundo do poço: devo deixar evoluir os objectivos, avalia-los, reformula-los sempre que necessário e evitar assim a decepção. Reavaliar as prioridades. Se os objectivos não são coerentes com as minhas capacidades que necessidade tenho de me destruir por eles?

 

86 - Não superproteger os outros: deixa-los errar é uma forma de os amar e deixar crescer

 

87 - Visitar os vizinhos: a proximidade pode trazer conforto e segurança

 

88 - Não aceitar o retrato do mundo que a televisão dá: os noticiários deprimem, os programas de luxo deprimem, a televisão enche a cabeça de lixo, tem de ter um bom sentido critico para filtrar o que vê e ouve

 

89 - Coisas pequenas com grandes significados: um sorriso, uma sms, uma flor

 

90 - Não ignorar uma parte da nossa vida (e eu pronta a enterrar os últimos 14 anos): aprende com o passado, amadurece, se grata pelo que salvas-te. Não me posso afundar no trabalho e desleixar com a família. Aprender a equilibrar as áreas da vida

 

91 - Ouvir musica (tenho de procurar outros estilos musicais que os meus preferidos ainda me deprimem mais). A musica estimula o cérebro, emociona, pacifica

 

92 - Aprender a usar o computador (pronto, o livro já tem uns aninhos, praticamente toda a gente já sabe usar o pc), são uma janela para o mundo.

 

93 - Torça pelo seu grupo ou clube: cria empatia dá sentimento de pertença

 

94 - Não permitir que as crenças religiosas enfraquecem: eu simplesmente matei as minhas e agora ando numa procura e sinto-me sem força, sem fé e sem teto. A religião, seja ela qual for, desde que seja adoptada de modo saudável ajuda e acima de tudo oferece esperança

 

95 - Ler sempre: ando sempre com um livro na mala (ultimamente de auto ajuda e espiritualidade), tento fortalecer-me. distraio-me, exercito o cérebro e acumulo sabedoria. É óptimo para evitar pensamentos pois a mente está bem ocupada

 

96 - Cada relação é diferente da outra: não posso deixar de acreditar nos seres humanos só porque tive o azar de me cruzar com uns espécimes menos... não todos são iguais e de certeza que ainda existem pessoas boas e honestas

 

97 - Acreditar na justiça final: no final o bem sempre triunfa e a lei do retorno não pára

 

98 - Desenvolver uma rotina doméstica: tenho implementado o sistema FLY e procuro constantemente novas e melhores formas de organização. Adoro as minhas listas e as minhas rotinas. Transmitem-me segurança

 

99 - Dizer "Não tem importância": as nossa felicidade depende de nós, o que os outros têm não tem importância para mim, eu sou eu. O que tem importante é o que me satisfaz

 

100 - Eu decido! o meu futuro e o modo como me dirijo a ele depende de mim , dos meus pensamentos e da forma como o encaro. As prioridades são minhas e eu que controlo a minha lista de objectivos. A vida é um dom e eu não a vou desperdiçar mais.

 

"A sua vida tem um propósito e um sentido.

Use uma estratégia para alcançar a felicidade"

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D