Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

23
Out13

A coragem de reconheçer


Avó Madalena

Hoje foi um novo dia.... o dia de reconhecer que o tratamento não está a funcionar, que preciso de ajuda, que preciso saber o que quero e como quero.

Está difícil e é doloroso reconhecer as falhas, os erros.... cada vez mais só num mundo tão grande....e ao mesmo tempo minúsculo...

Dentro de mim brotam sentimentos que me desgastam e me acobardam.... não me reconheço e chego mesmo a ter pena de mim... como pode um ser humano desistir assim da vida? Como pode um corpo suportar tanta dor apenas para libertar a dor de alma. Como pode uma pessoa ter tanta coisa boa e bonita na vida e não conseguir agarrar-se a isso para se fortalecer, para avançar. Não dar valor ao que tem de melhor ....Como posso achar o tanto que tenho tão pouco nesta altura...

Sinto me só, frágil e revoltada por sentir este furação de raiva dentro do peito.

Preciso de mim, mais do que nunca

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
02
Out13

Balanço e novos objectivos


Avó Madalena


Setembro não foi exactamente o que eu esperava, a depressão piorou, a medicação não faz efeito, estou de baixa médica....

Mas nesta tempestade ainda senti uns pequenos raios de sol: há cerca de 8 anos diagnosticaram-me um problema que me dificultaria a fecundação... repeti os exames há uns dias e a noticia e que estou 100% bem, posso engravidar quando quiser (pensar que passei 8 anos a dizer que não "queria" mais filhos e a olhar para os outros bebés com uma tremenda dor de cotovelo.

O meu irmão veio passar uns dias comigo e os meus pais também, Adorei o mimo.

A nível de contas o mês acabou no positivo - cêntimos mas positivo (graças a umas vendas através do olx) 

Em compensação Outubro será o lodo completo: comprar o resto dos livros do M, a prestação da casa que subiu,a medicação, a consulta de psiquiatria.....e uma bela baixa de 8€ e pouco por dia....E depois mandam-me ter calma.

Tenho é ansiedade, panico, falta de ar. As minhas obsseções estão cada vez piores, salto de uma para outra, a minha mente a rodopiar

Continuo na luta, não desisto por completo, o olx tornou-se o meu melhor amigo: livros, revistas, objectos em duplicado ou inúteis cá em casa... marcha tudo.


Tenho saudades das vizinhas, mas não me apetece vê-las ou falar com elas, sinto que ninguém me entende, ninguém percebe, só falam em calma, dias melhores e pessoas em situações piores....E eu não sei disso?? Só me faz sentir ainda pior, sou uma fraca, uma egocêntrica, uma chata que não dá valor ao que tem....

Que outubro me tragas melhorias, o regresso ao trabalho, um ajuste na medicação, um motivo para sair do sofá...
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
01
Out13

A calma


Avó Madalena

As minhas condições emocionais andam tumultuadas... O silêncio gigante que me rodeia, a falta de força e motivação... admito que não estou (sou) uma pessoa fácil, mas daí a dizerem -me para ter calma... faz me saltar o couro cabeludo.  

Calma não me enche a alma, calma não me paga as contas, calma não me devolve a alegria.

Não digam nada, não falem, não olhem, esqueçam-me por breves instantes.

Preciso de me encontrar, não de ser pressionada, de bocas do tipo "então e as tuas listinhas", "estás de baixa então a tua casa deve estar um mimo"

Não, a casa não está um mimo, está um caos, o cabelo não é penteado, o corpo não é lavado, o meu dress code é fato de treino e sapatinhas.

A minha agenda socal passa por ir passear o cão e levar e buscar o M á escola.

Não posso ter calma, não quero ter calma, quero paz, sossego, a minha identidade.

Quem sou é, qual a minha missão?

Durante meses, anos, engoli a minha revolta, engoli o meu orgulho, contentei-me com pouco e agora perdi-me, olho ao espelho e não vejo nada-

Não me peçam para ter calma...

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D