Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

04
Jun15

...


Avó Madalena

Tomar decisões é um processo difícil ainda mais quando envolve outras pessoas.. queremos colocar um ponto final e retomar o caminho

f7d9ff258e86b2bf8a71ed684e5141fc1.jpg

 

de outra forma, sozinhos.  Optar por 2 caminhos é penoso mas mais penoso ainda é decidires um e depois, mesmo sabendo que é aquele tens medo de seguir em frente, de o defenderes e percorreres.

Não posso mentir mais, confesso que muitas vezes que tinha pensado que um dia este dia chegaria, mas acho que sempre fui adiando e fingindo que não não haveria necessidade de mudança.

Hoje sinto que sei que o caminho é outro, mas não sei como o percorrer sozinha, não sei o que irei encontrar do outro lado, se conseguirei fazer  o percurso sem me arrepender... sinto apenas que este já não é o caminho para mim, esta vida já não é a minha, estas pegadas que deixo na areia não são deste corpo, mas resultado de uma história que fui deixando que escrevessem por mim.

Esta é uma luta difícil, entre mim e eu, entre  que está correcto e o que me fará feliz. Sinto que está na altura de me sentar e começar  a retirar estes fios do emaranhamento em que estão, fio a fio, um a um calmamente, sem tropeções, sem incertezas.

Sinto que sei o que quero e sei o que não quero, mas sinto também o medo e a dor ... se salto para a outra rua como faço depois? Como funciona? Como vai ser? 

Ainda que esteja numa situação desagradável, acabei por me habituar e é assim que sei viver... suponho que seja um pouco o Síndrome de Estocolmo... ficas refém de ti mesma, do teu sofrimento. Estás acomodada na tua caverna e vez no fundo a luz que entra mas tens medo de a seguir, de lhe tocar.

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D