Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

11
Abr17

Dieta das Princesas


Avó Madalena

Dieta:

DSC00705.jpg

 "conjunto de alimentos e bebidas ingeridos usualmente por uma pessoa. A palavra "dieta" tem origem no latim diaeta, que vem do grego “díaita”, que significa "modo de vida"

 

Ou seja seguir uma dieta não implica que esteja a tentar perder ou ganhar peso!!! Aborrecem-me pessoas que quando ouvem a palavra dieta associam de imediato a perda de peso.

"As dietas podem ser modificadas e adaptadas com diferentes objectivos, de acordo com as necessidades nutricionais ou restrições alimentares de cada um".

Embora este livro fale de perda de peso, a mim, salta mais à vista, a procura da felicidade, a necessidade de fazer as pazes com o meu corpo, seja ele grande, pequeno, gordo, magro... sim, porque eu sempre vivi em luta contra o meu corpo. Durante anos ouvi dizer que era magra de mais, usei roupa larga para disfarçar, depois passe a usar roupa do meu tamanho mas sem nunca ter conseguido um estilo com que me identificasse.. até que a meio da adolescência optei pelo preto total e ainda hoje perdura.

Confesso que tenho uma relação de ódio com o meu corpo: não gosto das pernas tortas, das mamas e rabo flácido, odeio a minha cara (raramente me vejo ao espelho), mas esta relação não pode continuar. Este é o meu corpo, posso tentar melhorar alguns aspectos, posso alimentar-me melhor, posso fazer umas caminhadas, escolher outro tipo de roupa, mas nunca terei uma mudança radical, não ficarei bonita, mas posso passar a sentir-me bonita. Posto isto, acho que a 15 dias de fazer 38 anos, está mais do que na altura de me pedir desculpa, de me apaixonar por mim, de me namorar e mimar, deixar de ser demasiado critica comigo mesma. Sair do armário e assumir-me.

Olhar ao espelho e conversar comigo: esta sou eu, já comi lume e chorei oceanos, esta sou eu, linda e maravilhosa. Pronta a enfrentar o mundo. E o meu corpo tem estado lá sempre a amparar as quedas, a levar-me de caminho em caminho. Faz parte de mim, mas não é a totalidade do meu eu.

Vou entrar em dieta: dieta de mimos! Comer melhor, mais fruta, menos fritos, beber água, dormir bem, estimar-me.

 

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
08
Set14

A saga da dieta - Parte III e última


Avó Madalena

Tomei uma decisão importante: acabou a dieta! Não vou andar a comer como se não houvesse amanha, mas acabou o controlo de calorias, a supressão de hidratos de carbono ... fico mais ansiosa quando penso que estou de dieta, fico stressada e como muito mais, como por gula, por ser "proibido".
Vou alterar lentamente a minha alimentação, reeducando-a, sem fazer listas e proibidos, sem ansiedade, sem metas semanais, sem contagens. 
Já sei o que posso comer, o que devo evitar ou reduzir, por isso vou aplicar na minha rotina alimentar. Comer sem culpa para evitar desejo desenfreados de ataques ao frigorífico e ataques de loucura atrás de um pão com manteiga. Se me alimentar de forma saudável e comedida sei que o peso vai diminuir, os níveis energéticos aumentar e a ansiedade simplesmente desaparecer. 
Se eu como por estar ansiosa, a técnica será eliminar  que me cria ansiedade - no caso, saber que estou de dieta.
Adeus dieta!
Olá reeducação alimentar!
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
01
Set14

A saga da dieta - parte 2


Avó Madalena

Antes de mais quero agradecer a todas as vizinhas pelos comentários de apoio, solidariedade e os conselhos. É bom saber que não estou sozinha e que esta luta não é só minha. Para ser sincera, não posso rotular-me de gorda ou com muito excesso de peso... mas uma pessoa que até aos 30 anos teve 48Kg, e que depois de uma depressão (em que ficou com 44kg) e lhe foram receitados medicamente que "abrem o apetite" - caso da mirtazapina, o meu peso em 3 mês aumentou 10Kg e eu não me consegui adaptar... o pneu, o rabo...  nunca me tinha visto assim e é dificil lidar com isto, sinto que o corpo não me pertence e que tenho de o arrastar para todo o lado. O pior foi mesmo a falta de energia, sinto-me sempre cansada e sem força, juntando um corpo maior que o normal, a coisa descanbou de tal moro que, mesmo morando na capital da praia ainda não fui vez nenhuma este ano...

Para Setembro tenho agendada exercício físico, trocar o açúcar e adoçante por stevia, consumir menos hidratos de carbono e descansar mais.

Gostava de retomar as aulas de ioga (especialmente do que li no blog http://happyandhealthy.blogs.sapo.pt/, mas a agenda está mais que ocupada, por isso vou testar o programa de meditação que a minha querida Ana me enviou e tentar fazer em casa.

Setembro revela-se um mês a estrear, numa semana a estrear. Será um mês de inícios e de mudanças, por isso na agenda está, sem sombra de duvida alimentar-me de forma mais saudável e praticar algum exercício físico. Este mês vai exigir de mim algum jogo de cintura e preciso estar na minha melhor forma, preferencialmente com mais energia para conseguir fazer todas as tarefas.

 

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
28
Ago14

A moda dos sumos detox


Avó Madalena

Sou completamente leiga em dietas e em sumos detox, mas por várias vezes já pensei em experimentar um sumo detox...mas começo a ler as receitas e fico meio agoniada com as couves e legumes crus...a sério... um sumo que leva legumes crus é bom?? A mim cheira-me que não, mas ainda vou ganhar coragem e provar um afinal dizem as "más línguas" que são óptimos para a perda de peso, ajudam aumento da energia vital e no reencontrar de saúde, bem-estar e beleza. 

Vou aproveitar um giveaway no blog da Bárbara http://arcoirisnacozinha.blogspot.pt/2014/07/giveaway-sumos-verdes-detox.html e quem sabe se não tenho a sorte de ganhar 1 exemplar.

Consta que este livro é um excelente instrumento para a dieta detox, onde  a palavra-chave é desintoxicar o organismo, libertá-lo de toxinas e queimar de forma eficiente a gordura. "Este livro explica detalhadamente em que consiste o programa, o porquê de recorrer a sumos verdes e como continuar a perder peso após os 10 dias do programa. Além disso inclui cinco métodos de desintoxicação, , mais de 100 receitas de sumos verdes para vários objectivos, receitas saudáveis e altamente proteicas, uma lista de compras e várias dicas da autora para alcançar o sucesso"
E as vizinhas são consumidoras de sumos detox? Notam diferenças? Qual o vosso sumo preferido?
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
13
Ago14

A saga da dieta


Avó Madalena

Quando decidi que tenha de perder algum peso e eliminar o pneu abdominal, pensei que seria muito mais fácil do que na realidade está a ser... tenho "crises" de fome emocional e consigo me menos de 5 minutos estragar 1 dia inteiro de bom comportamento.... Assim que chego  casa descontrolo-me, e devoro o que me aparece pela frente.

Durante o dia não vou sentindo fome, alimento-me de 3 em 3 horas (por vezes menos) mas assim que chega a hora de ir para casa.... sou invadida pelo monstro das bolachas....

Já não bastava o facto de ter de eliminar muitas coisas nestes primeiros 15 dias, o facto de ser vegetariana limita ainda mais a minha condição de futura magra sem barriga. (A soja está proibida por agora).

É difícil fazer dieta, é difícil controlar os impulsos, é difícil dizer não a algumas coisas... Mas nem tudo tem sido negro: já deixei o adoçante e agora só temo café sem açúcar (é tão horroroso que penso seriamente em deixar o café), o meu pequeno almoço é mais saudável e completo, tenho conseguido beber no mínimo 1,5L de água por dia, já me levanto novamente às 7h45m (limite máximo imposto por mim).

Não vou desistir, já consegui coisas mais difíceis na vida por isso, só tenho de controlar esta impulsividade e indisciplina.

Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
07
Ago14

Dieta - dia 5


Avó Madalena

Apercebi-me que tenho cometido muitos erros e deslizes, portanto o dia 5 é na prática um novo Dia 1 .
Pergunto-me como conseguem as vizinhas manter as dietas durante tantos dias. É preciso muita força de vontade, muita disciplina. Um aplauso para todas e todos os que conseguem e que felizmente são recompensados por isso.
Na minha cabeça sempre pensei que seria fácil, uns abdominais e a barriga ia embora, sou mesmo uma idiota! É difícil, requer esforço e dedicação e muito trabalho, por isso quando a pessoa tem rotinas pouco ou nada saudáveis e o peso já se instalou há algum tempo a auto estima também não ajuda nada. Isto sem falar mas aulas de biologia que não prestei atenção e agora fazem falta os conhecimentos: proteínas, hidratos de carbono.... 
Aliada á minha má conduta alimentar está a minha "fome emocional" por isso tenho de atacar as duas frentes. Como sozinha não vou ser capaz, aliei-me á vizinha do lado e ao grupo das guerreiras da "Dieta dos 30 dias", faço terapia  e tenho um coaching que me acompanha diariamente. 
Hoje é um novo dia. 
Peso: 56Kg
Medidas: cintura: 83
Quadris: 97
Umbigo: 71
A fase 1 da dieta começou no dia 4 de Agosto (com muitos deslizes) e deverá durar 15 dias (embora eu deva arrastar um pouco mais uma vez que já fiz muitas asneiras).
*Evitar os hidratos de carbono
* pão só ao pequeno almoço (e escuro) - no meu caso é metade ao pequeno almoço e a outra metade a meio da manha. 
* 1 copo de leite ou 1 iogurte magro sem açúcar ou 2 queijos frescos ou 1 triangulo de queijo 
Proibido nesta fase: batata, cenoura cozida, cuscuz, beterraba, milho e ervilhas. Nada de frutas nem leguminosas (feijão, a lentilha, a fava, o grão de bico e a soja) 
* Gelatina sem açúcar (para os lanches ou momentos de fome emocional)
* Proibido sumos naturais, refrigerantes ( a coca cola light é permitida ao almoço, ajuda a saciar e dá um sensação de conforto, eu opto por não a beber), bebidas com álcool 
* Beber muita água
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
05
Ago14

Desafio Squat Challange


Avó Madalena

Iniciei ontem o desafio dos agachamentos.
Confesso que pensei que 50 agachamentos fossem peanuts... acabei e atirei-me para o sofá, cansada, transpirada e de perna a tremer... estou assim tão ridícula? 
Parece que sim, afinal as 50 repetições pareceram-me tortura e foi com alguma dificuldade que as consegui realizar.
Hoje é um novo dia! (Vou dificultar mais a coisa: cada vez que for ao WC faço 10 agachamentos!)
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
05
Ago14

Dieta - Dia 4


Avó Madalena

Falta a disciplina necessária para levar o meu plano avante..
PA: meio pão da saúde com queijo + galão
Meio da tarde: iogurte liquido magro
Almoço: sopa de legumes + arroz branco com feijão preto +  arroz doce (Deslize nº 1)
Lanche: meio pão da saúde com queijo +  triangulo queijo vaca que ri (Deslize nº 2: comer pão fora do pequeno almoço)
Lanche: maça
Jantar: massa esparguete com ovos escalfados e ervilhas (deslize nº3 : a massa é um alimento proibido na 1ª fase, e as ervilhas e ovos comido em dose dupla porque a fome é negra e a gula pior..)
Consegui beber os 1.5L de água durante o dia. 
Ontem foi mesmo o dia da asneira, não havia necessidade de comer sobremesa, nem de juntar arroz com feijão e muito menos comer jantar em dose dupla. Para castigo comecei o desafio dos agachamentos, fiz os 1ºs 50 e repeti mais 25 só porque me portei mal.
Falta-me a disciplina! Acho que o melhor é ler as regras de ouro novamente, tirar as medidas (coisa que ainda não fiz) e recomeçar
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
03
Ago14

Dieta - dia 3


Avó Madalena

PA: meia torrada de pão de forma com manteiga e galão (sem açúcar)
Meio da manha: iogurte liquido magro
Almoço: lasanha de legumes
Lanche: (Muita) melancia
Lanche: Compal manga laranja
Jantar: 1 batata cozida com couve)
Não correu muito mal - e ignorar o facto de que estou a comer uma banana enquanto faço este balanço)
Amanhã tenciono levantar-me mais cedo e fazer uma mini caominhada.. vamos ver se ganho eu ou a preguiça
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas
03
Ago14

Dieta - dia 2


Avó Madalena

Ontem foi o meu 2ª dia de dieta, sinceramente pensei que ia passar fome e passei a manhã a pensar nisso mesmo: o que faria quando tivesse fome? Felizmente não tive, em compensação tive uma situação bastante desagradavél no trabalho que em circunstancias "normais" me levariam a comer meio supermercado, mas como estava a trabalhar nos apartamentos e os tempos estavam controlos (e eu não levei assim tantos lanches) a coisa foi passando e quando cheguei a casa já só restava mesmo a raiva (escapei por pouco ao ataque ao frigorifico)
PA: café com leite (coloquei um pacotinho de açúcar - bebo sempre o galão sem açúcar, mas o café com leite que faço em casa acho demasiado amargo, tenho de tomar providencias), meio pão integram com meio quadrado da vaca que ri emmental)
Meio da manhã: 1 triangulo de queijo vaca que ri + iogurte liquido magro
Almoço (quase ás 15h) - sopa de legumes sem batata, ovos mexidos (2) com queijo e sementes de sésamo
Lanche: meia gelatina vegetal
Jantar: 1 crepe de legumes, salada de feijão frade com melancia e melão
Ceia: 1 ovo cozido
Ok, confesso que o jantar foi abusivo e a ceia foi mais teima que fome. 
Não consegui beber 1.5L de água
Follow my blog with Bloglovin Top blogs de receitas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D