Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Roteiro Agricola Dezembro

Avó Madalena, 04.12.12

Dezembro traz o frio, o vento, as geadas.

 No meu quintal esvoaçam as folhas secas caidas das arvores e cogumelos brotam dos ramos secos, das

madeiras abandonadas, dos troncos das árvores. As cores do outono, o cheiro a terra molhada tornam o meu quintal num pequeno paraiso.

Claro que toda esta visão tem o seu lado negativo - plantas queimadas pelo frio, folhas comidas pelos caracois, laranjas caidas no chão... Mas não desisto!!!

Esta é a altura de proteger as minhas plantações das geadas que por ai se aproximam e dos caracois que teimam em fazer pic nics nos meus vasos, afinal tenho uma micro alface, um vaso com cebolas que parecem relva e um resto mortal de um espinagre (que já não devia caber no estomago da caracoleta!!!

Aproveito também para podar as minhas roseiras - uma delas premiou-me com um pequeno botão vermelho (imediatamente comido por um caracol maldoso...).

Quem quiser (e poder) pode semear ervilhas de cheiro e malvaicos.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.