Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Quase de volta

Avó Madalena, 29.08.13

As últimas semanas foram complicadas: diagnóstico de uma depressão, má reacção a medicação, uma infecção urinária que me fez perder controlo dos esfíncteres.... agora é hora de respirar fundo, seguir todos os conselhos médicos e fazer tudo quando é análise e exame.

Tenho saudade de mim, das minhas rotinas e maluquices, sinto-me cansada, apática, sem qualquer força anímica.... demoro eternidades a fazer seja o que for, as rotinas diárias arrastam-se durante dias (mas têm ajudado a evitar o caos domésticos.

Como tembém deixei de me alimentar correctamente agora é a fraqueza do corpo e da alma... a tensão baixa, o sono...

Lentamente voltarei a mim...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.