Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

...

Avó Madalena, 25.09.13

O corpo tentou mas a mente não deixou e deu o alerta.

Estou de baixa médica, com uma depressão e um papel que me impede de sair de casa. Por um lado não me importo, não me apetece mesmo ver nem falar com ninguém... mas pelo outro lado pergunto-me qual será o efeito terapêutico da solidão numa pessoa que por si mesma já se isolou?

Deve ser castigo... ai querias estar sozinha? Esconder-te do mundo? Fugir dos problemas? Então toma lá uma declaração por incapacidade temporária, isola-te ainda mais, foge das vizinhas, esconde-te no sofá!

No fundo .... sinto me bem aqui, sinto me protegida, longe de tudo e todos. Choro quando quero sem ter de me justificar, vegeto no sofá sem ter de me esconder, faço as minhas coisas (que a médica chama de obsessivo compulsivas) sem ninguém dar por ela..

Sinto me perdida em mim e de mim. Não sei mais quem sou ou o que sou.

Esta não sou eu, não a conheço e não gosto dela

Se me olhasse ao espelho aposto que não me reconheceria....

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.