Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Balanço Março

Avó Madalena, 06.04.15

images (2).jpg

É impressão minha ou Março passou a correr e descontrolado?

Com o ordenado atrasado foi impossível conseguir manter o sistema de envelopes.... isto de receber aos pinguinhos é perturbador e catastrófico para a ordem das contas... tenho de me orientar pelas prioridades. Mas já me começo a "habituar"  e terei de me flexibilizar mais. Perfeito seria encontrar um emprego na minha área de formação e gosto pessoal, mas não sendo possível terei de me orientar com este trabalho e lembrar-me diariamente que existem pessoas com mais dificuldades. Pelo menos cá em casa 1 de nós tem emprego e um ordenado fixo (faseado, mas fixo).

Terminei o mês com uns dias de férias que serviram para descansar e estar com a família, já tinha saudades da aldeia e das memórias de infância.

Os menus correram bem, com alguns ajustes, a roupa por engomar tem de ser abatida e a casa precisa de ser aspirada

Fiz uma aula de "zumba" sem coreografias estranhas e até que gostei, estava a precisar de me mexer e estar com pessoas novas, a parte interessante é que o valor mensal é de 5€ (mas ainda não decidi se vou ou não).

Para Abril prevejo uma melhoria nas tarefas da casa e uma maior produtividade nos trabalhos académicos. Tem de ser, tenho de fazer este esforço e provar a mim mesma e a todos os que me apoiam que mereço e que consigo. E o esforço  e o trabalho fazem parte, são os temperos essenciais ao doce sabor da vitória.

Abril está no inicio, por isso tenho algum tempo para recuperar, 

Felicidade, "se prepare", vou-te usar!

2 comentários

Comentar post