Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Começar o dia com o pé errado

Avó Madalena, 10.02.15

images.jpegSão 7h da manha, o despertador toca, a minha consciência matinal envia sms, resmungo e viro-me para o outro lado... 7h30m... o despertador volta a gritar e eu ignoro-o....8h alerta de pânico.... levanto-me em modo zombie, acordo o mini gajo, tento vestir-me mas hoje nada me serve, nada fica bem...ignoro as mensagens do guardo roupa e visto uma camisa, umas calças e ultrapassamos esta fase.

Torra-se um pão (no sentido literal de ficar torrado e não comestível), pressiona-se o mini gajo para se preparar (vestir, tomar pequeno almoço, arrumar a marmita). Sento-me para o pequeno almoço e as lágrimas caem-me pela cara... na hora em que deveria sair de casa é que me arrasto para fora da cama... como??

Pergunto ao marido porque não me acordou e o ***** responde que eu deveria estar feliz porque dormi mais um bocado.... mato-o em pensamentos (e acho que eu palavras também)

Olho em redor e assusto-me com a loiça no lava loiça, as migalhas na mesa, os tapetes desalinhados... além de atrasada agora senti-me desarrumada...sem qualquer tipo de controlo da minha vida

8h30m, consigo sair de casa, totalmente vestida e despenteada, com o mini pronto (mas de certeza com receio de ser visto com esta versão aterradora de mãe)... deixo-o na escola e ainda tenho 5 minutos para um café e uma respiração profunda.

Entro na pastelaria, peço café, sento-me e as lágrimas voltam a cair pela cara... acordei tarde, em pânico, o stress invadiu-me e quase me arruína o dia...

Se as rotinas e aos horários são importantes? São a diferença entre uma mulher calma e uma serial killer...