Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

De regresso

Avó Madalena, 09.07.15

As aulas terminaram e apenas falta entregar um trabalho para o 1º ano do mestrado ficar totalmente concluído. Custou muto.... as viagens, as noites mal dormiras, a ansiedade a fazer os trabalhos. Mas até agora o balanço é positivo, por isso só tenho a agradecer.

Claro que muita coisa ficou para trás: a cada precisa de um tratamento VIP, engordei à custa detumblr_m7hp91kI7H1qd5ex4o1_500.png tanta ceia e pequeno almoço de cerelac e tarte de floresta negra para acalmar os nervos.... com 57,100Kg não tenho calças que me sirvam e a barriga treinam em saltar de dentro das camisolas.

Como para a semana é a entrega do ultimo trabalho, os planos são:

 - fazer a limpeza de verão o quanto antes

- declutter de papel e de minhoquice que se foram juntando lá em casa nos últimos meses

- selecção de roupa que já não serve mais

- perder uns quilitos

- retomar as rotinas

- retomar as caminhadas

- por a leitura em dia

- dormir 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.