Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

De volta a casa

Avó Madalena, 21.05.19

Estive ausente de casa, ausente de mim, perdida algures numa rotina estranha, desgastante e nada produtiva.. Infelizmente tenho várias fases destas, felizmente encontro-me sempre pelo caminho.

Faz parte de mim esta procura constante, esta necessidade de encontrar algo que nem sei bem o que é. Mas a parte boa destas andanças é que quando volto a casa, volto sempre mais crescida, mais sábia, mas certa do meu caminho.

Procuro um propósito de vida, aquela combustão louca que me faz levantar de manha, viver, ao invés de sobreviver. Saber o propósito e desenhar o plano. E quando me encontro mais perto, sinto-me mais eu, mais organizada física e mentalmente e todas as outras áreas espelham isso.

Desta vez a viagem foi longa, despi-me de crenças e conceitos, aceitei sair da zona de conforto e olhar mais longe. E de longe vejo o perto e sinto-me viva. Sinto que algumas coisas não fazem mais sentido, não me trazem alegria ou prazer, não me fazem falta. Esta viagem é um processo de redescoberta que ainda agora começou, mas que já me está a melhorar, para o bem e para o mal, as decisões estão tomadas de modo muito consciente. 

Sou feliz comigo e estou feliz por mim. A minha casa, o meu lar, também espelha isso, também está a transformar-se e a livrar-se de memórias e tralhas que impedem coisas novas de entrar. Começa a existir espaço vazio, espaço livre que não quero ocupar, porque gosto da sensação de leveza e liberdade que me transmite. 

Estou a mudar-me e estou feliz com isso. Não sei o caminho a tomar, mas sei o que não devo mais perseguir. Estou numa fase em que o universo e eu estamos em sintonia e estamos a chegar "lá", ao lugar que não é mais sonho ou projecto. A minha realidade começa a sair do papel e a tomar vida. 

Estamos no caminho certo, estamos finalmente em casa!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.