Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Medo

Avó Madalena, 30.10.14

exhaustion.jpg

 Amanhã vou para Coimbra, começam as aulas do mestrado e fiquei de de repente cheio de medo de falhar, de não conta de tantos recados, de ser demasiado cansativo, de falhar com as pessoas e com os meus compromissos, de não conseguir o dinheiro que ainda falta.

Arrisquei sem medo, fui atrás da loucura e agora sinto-me feliz, por um lado, mas perdida por outro.

Sei que não posso pensar assim , tenho de ser forte, positiva.... mas hoje acordei a sentir-me pequenina com uma agenda gigante.... terei sido egoísta em lançar-me à aventura? Deveria ter esperado que o M fosse maior? Que a crise fosse embora?

Depois de amanhã à noite poderei ponderar melhor, terei a calendarização dos trabalhos, os horários e afins.... das duas uma: ou fico mais calma ou dou o tilt de vez...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.