Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Menos é mais

Avó Madalena, 19.02.16

safe_image.jpg

Cada dia que passa sinto-me mais empenhar em destralhar, destralhar e destralhar!

Sinto tanta liberdade quando destralho coisas de casa que já apliquei o mesmo sistema no emprego: destralho papel, amostras, tralhas que se acumulam pelas gavetas e armários.

Minimizar artigos, agendas e principalmente o meu modo de vida é um dos objectivos principais para este ano. 

Tenho menos roupa, menos livros, menos compromissos sociais, menos relações tóxicas. Em resumo tenho menos lixo e mais qualidade de vida.

A amplitude que se vai estabelecimento está neste momento a ser a bóia que tanto necessito para ultrapassar esta fase menos boa. As crises posem menos tornar-se motores de boas mudanças, de amadurecimento pessoal.

Evito ter coisas que não goste profundamente, ou assumir compromissos que não me façam feliz. Pretendo no futuro assumir-me como minimalista e embora o caminho seja ainda longo, sei que este é o meu caminho.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.