Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

14
Abr16

O Ninho - Dia 10 Como tornar o ambiente Zen


Avó Madalena

Tornar o ambiente ZEN, descartar o supérfluo. Difícil?? Não! Se tivesses de abandonar a casa e escolher apenas algumas peças, quais

wabi.jpgseriam?? Agora está muito em voga a questão "E se fosses tu?" Se tivesses de abandonar o teu lar, as tuas coisas...

Não precisamos de ser tão extremistas neste exercício (mas pensar na questão  "E se fosses tu?" é importante e revelador)

Dependendo da resposta, todos os objectos que não consideramos levar  são supérfluos e desnecessários.

Para realizar esta tarefa foquei-me na filosofia japonesa: WABI SABI!!

O método WABI SABI adapta-se perfeitamente ao meu estilo de vida, pois considera que a perfeição existe apenas na imaginação humana, o belo é imperfeito, modesto, simples e acima de tudo autentico. Faz apologia de ambientes minimalistas, simples e orgânicos.
Segundo a filosofia  Wabi Sabi o Homem deve aprender a sentir-se satisfeito com o que tem, depois de eliminar o supérfluo.
Dicas para um ambiente Wabi Sabi:
- os objectos tem de ter utilidade, ser belos ou despertarem bons sentimentos
- as cores indicadas são o branco e terra
- utilize materiais naturais como a madeira, barro, lã e linho
- use e abuse de materiais feitos à mão, antigos e reciclados
- decore com flores e plantas 
- proteja a casa mau ruído (os barulhos da rua)
- organize a sua casa (faça um declutter)
- use ao máximo a luz natural
- use formas irregulares
- utilize peças com alma (desenhos dos filhos, fotos da família)
- procure ter um espaço pessoal, seja um atelier, uma sala ou um simples sofá
- aprecie a imperfeição (os riscos numa parede, por exemplo), ela indica a passagem do tempo
A sua casa é o seu lar, o espelho de si e da sua família, não ter de ser perfeita ... para isso temos os museus e galerias de arte... não há nada pior que entrar numa casa e ficarmos com a sensação que estamos numa loja de moveis.. tudo perfeito mas sem sabor, eu cá me sinto confortável

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D