Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Casa d'avó Madalena

Casa de uma matrafona que mora na Aldêa, passa o dia assentada no pial a dizer patochadas

Para a frente é o caminho

Avó Madalena, 31.08.15

mudanca.jpg

A rotina de casa vai ser severamente alterada com o mês de Setembro: novos horários, mudanças pessoais e domésticas. Setembro

marca o fim de uma era que termina carregada de dor e mágoa, mas que esperamos conseguir superar e sair mais fortalecidos.

As decisões tomadas não foram fáceis, mas são as possíveis dadas as circunstancias, eu dia teria de ser assim acho que no fundo fui adiando e fingi acreditar em algo que agora vejo que nunca existiu, a minha cabeça e o meu coração andavam enganados e foram enganados... hoje choro e sangro por dentro, mas tento mostrara um sorriso para que a minha alma e o meu corpo não entendam o que se passa.

Olho em redor e o que julguei ser um caminho, um futuro, não passou de fruto da minha imaginação. Agora sei que fui ingénua, demasiado inocente talvez (do lado de fora vista como parva). Não era assim que deveria ter sido, não foi assim planeado, mas é assim que tudo muda.

Setembro será um mês complicado, mas um mês de crescimento pessoal e espiritual. 

Para a frente é o caminho

1 comentário

Comentar post